domingo, novembro 30, 2008

14.825,7 coisas que odeio em você

Talvez a coisa que mais odeio em Buenos Aires, tirando o cu-doce das mulheres, os penteados, o calor, os taxistas, os ônibus velhos, o metrô, a pretensão artística, a falta de arroz quente, os poucos amigos, a antipatia das pessoas, a falta de moedas, os piqueteiros, os garçons, a inflação, o verão, os emos, os floggers, a moda dos anos 80, a cumbia, o pomelo, os canais de jornalismo, as filas, a burocracia geral, o Boca Juniors e o Marcelo Tineli, é a densidade demográfica desse lugar.

Só para ter uma idéia, segundo a Wikipedia, Buenos Aires tem 14.825,7 habitantes por quilômetro quadrado. São Paulo tem a metade: 7.175,4, Curitiba tem 4.111,9 e Santos 1.492,3. É muita gente pra pouco espaço, meu povo!

No supermercado, no shopping, no kiosco. Para onde quer que eu vá tem um monte gente. Tem um monte gente onde quer que eu vá. Andar pelas calçadas de algumas avenidas é como dirigir o carro na hora do rush. Você acelera, desacalera, ultrapassa, anda pelo acostamento, freia e muitas vezes tem até que parar para dar a preferência. Só que ao contrário do trânsito, não existem placas, pisca-pisca ou faixas preferenciais para os mais lentos.

Talvez isso seria uma boa idéia! Já presenciei vários xingamentos, freiadas bruscas e até algumas colisões nesse engarrafamento de gente. Fica aí a sugestão para os próximos governantes. Organizem o trânsito de gente nesse lugar!

26 comments:

David disse...

Aqui no Rio não está muito diferente não, você precisa ver o metrô, as pessoas são transportadas feito sardinha em lata! Em compensação na Europa é uma maravilha... Controle de natalidade pra ontem na América Latina! Não tem emprego, educação, saúde, alimentação para essa gente toda, isso é matemático! Já é hora de repensarmos a Teoria Malthusiana...

http://valacomum.wordpress.com/

André Ramiro disse...

É a tendência de todas as cidades...não adianta. Bike na cabeça! Tem que ser igual aos ciclistas do Vietnã! hahaha
absss

Túlio disse...

o esquema é morar num sítio!

Mari disse...

pergunta metafísica: o que acontecerá com o AiresBuenos no dia que você deixar de morar nesse lugar de 4.825,7 habitantes por metro quadrado?

Túlio disse...

certamente mudaria o nome do Aires Buenos pra Aires Malos o Aires Mas o menos.

Ludmilla Lima disse...

Túlio tô confusa. 14 mil ou 4 mil? Metro ou km quadrado? Beso.

Túlio disse...

corrigindo. 14 mil por quilômetro quadrado!

Wilame Prado disse...

Bom dia. Primeiramente, parabéns pelo blog, tenho lido com certa frequência e tenho gostado. Acho muito legal um brasileiro nos dar essa noção do que é a Argentina. Isso porque, atualmente moro em Maringá-PR (conhece?), mas tenho gana de morar neste país apertado, de los hermanos. Sinto admiração pela Argentina, mesmo ouvindo uma notícia dessas. Mas, diga lá, como se deu essa mudança sua? Vou me formar em jornalismo ano que vem. Será que se eu exercitar o portunhol, consigo uma vaga em algum jornal de bairro?
Um abraço!

Ana B. disse...

e eu louca pra ser mais uma nesses 14 mil... quem trocar de lugar comigo, querido??

Bruno Silva disse...

Eu tenho uma opção melhor:
MATA TODO MUNDO!

hehe
Obrigado.
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com

adélia jeveaux disse...

A boa é parar de procriar.
Esterilização compulsória.

Anônimo disse...

LaS cosaS que mas odiaba de SP, seran: LA PIZZA DULCE, LA TIPICA PREGUNTA ¿QUIEN ES MEJOR PELÉ O MARADONA?, EL NO-COLORIDO DE LAS TORCIDAS BRASILERAS (PRETO E BRANCO, PRETO E BERMELHO, PRETO E BRANCO DE NOVO...), PAGODE, STROGONOFE, SALIR PARA TODOS LADOS DE COCHE, LA INSEGURIDAD DESPUES QUE OSCURECE, EL BRIGADEIRO, LUCIANO HUCK Y ANGELICA, SANDy Y JUNIOR....
QUER MAIS???? VAI NA MARABRAZ!

ME GUSTA MUCHO EL BLOG, LO HE RECOMENDADO MUCHO PERO....
NO SOPORTO BRASILERO QUE SE VIVE METIENDO CON ARGENTINA.
NO TE GUSTA? POR QUE TE QUEDÁS?
YO ME FUI!
BESOS.
CAROLA.

pd: otro día paso y te dejo la lista de lo que extraño!

Túlio disse...

Adoro gente que se dá ao trabalho de criticar o post. Meus parabéns!

Existe um "X" lá no canto superior direito da janela. Aperta ele e pronto.

claudemir disse...

Essa tal Carola ainda não entendeu que o problema não é a Argentina é o Túlio, ainda que ele morasse em Bora Bora, era capaz de reclamar que o mar é muito azul. haha.

Gisele disse...

Muito bom Claudemir! Tulio, já "extraño" seu humor, aqui é todo mundo tão politicamente correto, ninguém reclama!!!!

Anônimo disse...

A Carola é a típica argentina. Pq não deixa uma mensagem falando por que é que ela se foi? Na verdade, está concordando com o Túlio, mas fez questão de falar mal de SP. Se não gostava, pq foi pra lá? Argentino reclama de tudo. Quem quiser fazer uma pós em mau humor, pode vir. Mas nã é mau humor inteligente não, é mau humor rançoso.

Quem entrar no criticadigital.com/argentinosen vai ver exatamente milhares como a Carola. É um blog de argentos no exterior. Se um argento fala que está bem, todo mundo o chama de traidor, vende pátria e o escambau pq ele se foi da Argentina. Se o cara fala que está malzzz, todo mudno briga com ele dizendo que a culpa é dele por ter ido embora sem qualificação, que "no le da el cuero" para ir mais longe que sua província, que volte pq ser pedreiro em Santa Fé e em Roma é o mesmo...

A gente fica num lugar, mesmo que seja uma merda, pq a gente faz algo pra NOSSA vida. Quando nada mais soma, a gente vai embora, pq ninguém é burro, viu Carola? Eu por exemplo, tô fechando a conta.

Ao fim e ao cabo, tudo de que ela reclamou não altera a vida de ninguém (a cor das torcidas??? e o Mengão, filha, tá dautônica??? Eu hein... A pizza doce??? Tea falando de pizza de brigadeiro ou de pizza sem sal? Não, pq tem pouca pizza boa realmente em BsAs... Não gosta de brigadeiro??? Ué, mas doce de leite na Argentina é enjoativo de tão doce... isso é contraditório... se não gosta de doce e enocntra um doce menos doce que o doce de leite argentino, deveria gostar... enfim, tá cheio de argento desempregado que fica em cyber enchendo o saco de quem seja, brasileiro ou não, em seus sinceros blogs.)

Os argentinos não movem UM PÊLO pelo país deles, mas criticam quem o faz e ainda acham que ESTES não têm o direito de criticar. O Túlio sabe, ele mora aqui há pouco mais de dois anos. Eu moro há quatro. Imaginem.

Brasileiro recebe todo mundo bem. Não se iludam.

Deixem-me exercitar meu ladinho argento??? Carola, nena, seguro te volviste pq no te dio el cuero como para vivir en una ciudad en donde se trabaja Y MUCHO!!! Y en donde ni el cyber te bacarias, pq ES "CARO LÁ"! Dejate de inchar.

Nem deixo meu link neste comment que é pra ela não encher meu saco.

Túlio disse...

e foi instalada a polêmica!

Anônimo disse...

Ha! Mas é verdade ou não é?

Aliás, a Carola só te enche o saco pq talvez ela não fale inglês. Se falasse, provavelmente se daria um tiro antes mesmo de conseguir digitar a primeira palavra da resposta, pq não suportaria as críticas ferrenhas dos norte-americanos expatriados, por exemplo. E não adianta anti-americanismo nessa hora: uma coisa que os caras sabem fazer na net é ter parâmetro. Blog que só fala mal, lixo; blog que só rasga seda, lixo; eles mesmo se criticam, nem precisa argento pra fazer isso. Temos uma série de amigos expats e vira e mexe surge um mullet lá com um inglês macarrônico enchendo o saco.

[pra quando ela voltar he!] Carola, tu "suerte" es haber nacido en Argentina para no tener que aguantar a tus compatriotas ellos si, metiendose con Brasil! Pero no te sirvió de mucho, te fuiste. Por las mismas cosas - y seguramente todas las PEORES que no comentó Túlio. Ele foi bonzinho. Por suerte, los brasileños no te contestaron como merecias - hasta que me encontraste eh? Cuatro años, nena, cuatro años... :p

Que bueno che!, que ahora San Pablo se volvió una meca de los argentos que no encuentran trabajo aca en Argentina... que aunque hablen mal de Brasil, hacen cola y mas cola en la PF para saber coo es lo de la residencia... todos y cada uno fascinados con irse de aca, antes que finalmente explote la crisis que ya se esta armando por aca hace un largo rato... que suerte, deberian callarse.

Me irrita, e eu falo mesmo, pq o meu saco tá assim de cheio.

:-)))))))))))))))))

Leo Carioca disse...

Creo que todos cuando vivimos afuera de nuestro país, empezamos a verle a nuestro lugar de origen cosa buenas que antes no veíamos. O tal vez es una ilusión: como no estamos acotumbrados a lo nuevo, lo que antes critícabamos de nuestro país/ciudad, nos pasa a parecer bueno.

Creo que todo inmigrante pasa por la etapa de no sportar el lugar que eligió, indistintamente si tuvo que murdarse por voluntad propia o por motivos de fuerza mayor.Con el tiempo, tiende a superarse.

Hay mil cosas que que no me gustan de Brasil; hay mil que sí, pero en cualquiera de los casos, viviendo acá, como extranjero, siempre, siempre, el que está equivocado soy yo: obviamente, Brasil ya funcionaba desde antes con 200 millones de persona; pq a mi no guste determinda cosa signifaca que tenga que cambiarse o que el comportamiento sea equivocado.

Me parece que esta chica como Tulio, o el muchacho que le respondió, tienen todo el derecho de expresar sus disgustos con el lugar que les toca vivir. Sin embargo, lo malo es comparar "lo mío es mejor que lo tuyo" (no creo que este sea el caso de Tulio, sí el de el muchacho anónimo y Carola) pq eso no conduce nada e impide que te integres y adaptes al lugar donde vivís. Además, te hace perder tiempo y salud.

Por eso, en ese punto, sí coincido con Carolina. Si no te gusta, o no te adpatás, lo mejor es irte pq, repito de nuevo, quien está equivocado sos vos, no los que nacieron, se desarrollaron y vivieron/viven en ese lugar.

Vivo en Río de Janerio desde 2002 Creo que argentinos y brasileros tenemos muchas, muchísimas cosas en común; y, según mi humilde opinión (me gustaría saber la opinión de brasilero que viven en Argentina)creo que muchas de ésas son precisamente las que los brasileros le apuntan como negativas al argentino.

Para terminar, "a pixza doce (ou de frango) não dá!!!!". En cambio, el pirão y el brigadero son dos cosas indispensables en mi dieta.

Saludos.

Anônimo disse...

Perdón, pizza.

giancarlo rufatto disse...

vc pode odiar o brasil, amar a argentina ou vice-versa. Mas não gostar de strogonofe não é saudável.

André. Original text© disse...

Essa discussão me lembrou o comercial da Havaiana com o Lazaro Ramos

http://www.youtube.com/watch?v=nLPv8R2L6ZE

Lívia disse...

Gente, essa polêmica podia virar um mini barraco se a Carola respondesse, ia ser bem legal!

mas o que todo mundo esqueceu de falar foi que a Carola é exatamente a argentina típica que o Túlio critica no início do post...

E nessa sua lista, acho que o Pomelo vence!

Beijos de quem, apesar de tudo, sente muita falta dessa terra de loucos!

Carol disse...

eu acho sim q em certos lugares devia ser obrigatório gente usar seta e retrovisor.

Ana B. disse...

e o blog do túlio é um sucesso. definitivamente.

nipônica disse...

Jaja, como temos a mesmíssima impressão do que odeio em Buenos Aires!!!! vivi aih este ano e vim recentemente embora. Un gusto, Aline.

Blog Widget by LinkWithin