sexta-feira, novembro 28, 2008

5 filmes que deveriam ter mais fama

5. Eurotrip
Ok, esse filme não é nada digno de Oscar, mas de todas essas comédias adolescentes é uma das melhorzinhas.

Basicamente um bando de amigos fazendo um mochilão pela Europa. Várias piadas boas e outras nem tanto.

Além do mais há a participação do Matt Damon como um cantor de uma banda de rock e do Vinnie Jones, aquele malzão de Snatch, como um torcedor fanático do Manchester United.

4. Histórias Mínimas
Esse eu até entendo que seja pouco conhecido, afinal é argentino. De qualquer maneira, Histórias Mínimas é um clássico.

Três histórias que se cruzam. Um vovô que sai em busca do cachorro que fugiu porque está magoado com ele, um tiozão que leva um bolo de aniversário para o filho de sua pretendente e uma humilde mãe de família que vai participar de um concurso de tv. Tudo isso acontecendo na longínqua Patagônia, onde a modernidade demora a chegar.

O diretor Carlos Sorín é de longe o meu cineasta argentino preferido.

3. Bad Santa (Papai Noel às avessas)


Está aberta a temporada de caça aos tradutores de nome de filme. É incrível como eles se esforçam para deixar o título com cara de Sessão da Tarde.

Billy Bob Thornton é um bêbado, que junto com seu amigo anão, percorrem diferentes cidades roubando os shoppings onde eles trabalham como Papai Noel e duende.

Com cenas que beiram a surrealidade e diálogos engraçadíssimos, o filme é dirigido pelo Terry Zwigoof, um dos cineastas mais indies que já ouvi falar. Além dessa pérola cinematográfica do Bad Santa, o cara dirigiu Crumb, Art School Confidential e Ghost World. Nesse último, em que atua uma Scarlett Johansson pueril, o cara teve uma indicação ao Oscar de melhor roteiro adaptado.

2. Stay (A passagem)


Ewan Mcgregor, Naomi Watts e Ryan Gosling num filme dirigido pelo competente Marc Foster.

Esse filme sobre experiências pós morte, ou pré morte, tinha tudo pra ser um sucesso do tipo "Brilho Eterno" mas não foi. É bem do tipo que você sai do cinema pensando o que foi tudo aquilo e se não chega a nenhuma conclusão acha o filme uma bosta.

Simplesmente adoro a edição e a transição de cenas.

1. Love Liza

Philip Seymou Hoffman interpreta um cara que não tem coragem de ler a carta de suicídio que a sua mulher deixou.

Triste, freak e engraçado em certas maneiras. Ele acaba arrumando um amigo disfuncional e se viciando em cheirar gasolina.

Roteiro escrito pelo irmão do Hoffman e dirigido pelo Todd Louiso, o cara que interpreta o Dick em Alta Fidelidade.

12 comments:

misfit disse...

"Ghost World. Nesse último, em que atua uma Scarlett Johansson pueril, o cara ganhou o Oscar de melhor roteiro original."

oi, não!

foi indicado, mas como todo filme q é indicado somente na categoria roteiro, não levou. se bobear, foi o menos votado daquele ano, até.

Alexandre Seara disse...

pô eu penso o mesmo do Stay. O filme é muito bem editado e as passagens de cenas parece que foi pensada a base de muitos alucinógenos. hehehehe. É legal ver o documentário que vem junto com o DVD, ajuda bastante a entender o filme.

Túlio disse...

Obrigado pela informação, srta Fer.. Na verdade eu estava duplamente errado. Ele foi indicado para o Oscar de melhor roteiro adaptado e não o original

Pois é Alexandre, neguinho alucinou bastante pra fazer esse filme.

Bruno Silva disse...

Os melhores posts são esses. hehe Vou passar hoje na locadora, porque esses não se acha para baixar. hehehe

Vou tentar assistir todos até o fim do ano. E vou postando minhas impressões sempre linkando pra esse post seu.

Abraços!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com

Paulo Torres disse...

Eurotrip tá passando aqui no Brasil quase que semanalmente, no Telecine. Mas eles traduziram como "Passaporte para a Confusão". E tem algumas cenas (a chegada no hotel em Bratislava, por exemplo) que já são citadas por alguns dos meus amigos com uma familiaridade montypythoniana.

Leo Carioca disse...

Vinine Jones também foi jogador profissional de futebol, um brucutu formidável

Mais informação aqui:

http://www.la-redo.net/2008/10/la-seleccion-del-eje-del-mal-hoy-vinnie-jones/

guga disse...

"Histórias Mínimas" é foda! A melhor parte é um dos prêmios dados pelo programa de TV... "uma viagem para Camboriu"

e "Stay"... é a mistura (do rascunho) de "Cidade dos Sonhos" com um passeio pelo Louvre...

adélia jeveaux disse...

putz, "Love, Liza" é FODA

Carol disse...

Historias Minimas tá definitvamente entre os melhores filmes que eu já vi.

Túlio disse...

o outro filme que vi do Sorín, El camino de San Diego, tem mais ou menos esse mesmo hispírito.

Marcelo Urânia disse...

ei, o matt damon de eurotrip aparece num comercial do FX! hahaha

Túlio disse...

exatamente! no das Grandes Terças que tem a trilha do JET.

Blog Widget by LinkWithin