quinta-feira, outubro 23, 2008

O dia em que conheci Cristina.

Não é todo dia que você aperta a mão de um presidente e pergunta "Hola, como estás?".


A mesma mulher que eu critico tanto no blog estava ali na minha frente, no lugar onde trabalho, com um vestido rosa-shock e cumprimentando com mão firme todos os funcionários do departamento de criação. Depois foi rumo a uma ilha de edição, onde assistiu um reel com a música do Postal Service escolhida por mim.

O André mesmo comentou: "Cara, fizemos a Cristina Kirchner ouvir indie".

Engraçado notar que os mesmos empregados que pagam uma pinta de moderninhos e descolados estavam com a mesma cara de babaca impressionado que qualquer velha de periferia que ganha uma dentadura de político teria. Por culpa disso o acontecimento levou os níveis de produtividade do dia a quase zero.

Antes dela chegou uma espécie de carro rastreador de bomba, depois um cachorro cheirador de alguma coisa, os guarda-costas, a gangue de jornalistas e o repórter queridinho dela do CQC. Um verdadeiro circo.

No final, em um discurso oficial entre Jack Bauer e Michael Scofield, ela elogiou a iniciativa da empresa de apostar no talento criativo argentino e logo em seguida foi embora de volta para o seu mundo de crises.

Apenas mais uma mão a ser apertada no protocolo para Cristina e uma história que certamente contarei para os netos: o dia que conheci Cristina.

Mais no jornal Crítica.

E aqui uma foto tirada pela minha amiga do trabalho Ana Laya, que fez um post sobre a visita que merece ser lido. A presidenta está do lado da minha mesa. Eu não apareço, mas a cabeça do meu boneco do Seu Madruga sim! No fundo está a estante com os Promax ganhos, que são os Oscars mundiais das promos de tv.


15 comments:

Julita Mara Pires. disse...

Mais um momento histórico para o MINEIRO Tulio Pires Bragança, acrescentar em sua biografia.
A família do Tulio aqui no Brasil, também se orgulha do feito: Apertar a mão de uma presidente, não é sempre que acontecesse!!!!
Parabéns!!!Valeu palmeirense!!!!

A-nah! disse...

Jajajajaja... ¡Yeah Túlio! ¡el orgullo de Curitiba!

Cris y Don Ramón, eso es otra cosa que no pasa todos los días y que la presidenta escuche Postal Service, tampoco.

Un día histórico definitivamente.

Mañana, mínimo espero que nos encontremos a Maradona comiendo en Pacífico.

Túlio disse...

Quiero saber cuando viene Lula!

adélia jeveaux disse...

eu diria "xô, botoxuda", e lavaria as mãos depois.

Helena disse...

Melhor frase do post: " Engraçado notar que os mesmos empregados que pagam uma pinta de moderninhos e descolados estavam com a mesma cara de babaca..."
Incrível, que mesmo a kilômetros de distância, eu sei direitinho de "quens" você tá falando! Aaaaah, pagava muito pra ver isso Tulio!
Ou não...Fox vai se tornar insuportável depois de Mrs CK ter visitado a empresa.
Pelo menos, uma boa história pra contar!

apotamianos disse...

Tulio, faça bom uso de sua nova dentadura!

Ivan disse...

ahahaha. como dizem no nova corja, morri! ahaha. muito bom. e ela me parece bem simpática, pelo menos. ahaha

Juliana Bragança disse...

ela nao enjoou do rosa? parece que ela só conhece essa cor!
q orgulho do meu irmao! apertou a mao da presidenta! ahiaoah
o maximo q eu fiz foi apertar a mao do ex prefeito beto mansur qdo fui ao gabinete dele com a escola! mas isso deve fazer uns 8 anos!

giancarlo rufatto disse...

UoU!!!

"ela elogiou a iniciativa da empresa de apostar no talento criativo argentino" o que será que iria acontecer se neste momento, Tulio se levanta e diz: "olha, dona cristina "pretty pink", eu sou brasileiro..."

Lívia disse...

Que Cristina, que nada, a grande visita foi o Gonzalito! Fofo!

bjs!

guii disse...

aaa mulheke

Gisele Lopes disse...

Tulio, dia histórico!! Um dia vc mostra pros seus netos a foto dela com o seu boneco do Seu Madruga...é bom demais!!

Anônimo disse...

'Hola, como estás?' es demasiado íntimo, hasta mismo grosero para se decir a una autoridad. El correcto es 'Hola, como está?' - tu estás - Usted está - Hola, como está (Usted)? - Hola, como estás (tú o vos como se dice en ARgentina)

Lívia disse...

Será que o anônimo aí de cima ganhou 100 pesos pra escrever isso?

Carol disse...

dou moral pra maquiagem dela, sempre. ¬¬

Blog Widget by LinkWithin