domingo, junho 15, 2008

Especial Música da Suécia: 5 - Entrevista com Lacrosse.


No quinto e último capítulo do especial Suécia, entrevistamos o Lacrosse. A banda faz o tipo de música feliz insuportável grudenta. É um indie pop de bueníssima qualidade, contagiante e grudento.


Em novembro de 2007 eles lançaram o primeiro cd chamado "This new year will be for you and me" e vem recebendo ótimas críticas. Lançaram um ótimo clip da música "You can say no forever" e são nome frequente nos festivais escandinavos e ingleses. 

As músicas alternam uma alegria contagiante com uma melancolia estranha cantada em melodias felizes. O resultado é doce e viciante. Ainda bem que não engorda.

Na entrevista, a vocalista Nina e o guitarrista Kristian esbanjam bom humor e falam de suas letras e, é claro, da Suécia.

1. Por que existem tantas bandas suecas populares? O que vocês ouviam quando eram pequenos e o que ouvem agora?


Enquando a gente crescia, havia duas bandas suecas que eram internacionalmente grandes: ABBA e Europe. Naturalmente escutávamos quase que só isso assim como todos os outros suecos. Uma das razões porque há tanta música boa agora na Suécia é porque a atitude convive com a inovação.


2. As bandas suecas que o mundo ouve são as mesmas que vocês ouvem?


Não, nenhuma exceto  o Oasis. Acho que eles são suecos.


3. Já ouviram falar de um festival brasileiro chamado Invasão Sueca?


Não, nunca ouvimos falar, mas existem vários festivais ao redor do mundo com essta temática sueca. Isso é bom para nós, suecos, porque já que estamos aquí na esquina do norte da Europa e é muito caro viajar para qualquer lugar. Nem preciso falar que adoraríamos ir tocar no Brasil. Isso está na nossa lista de “coisas divertidas que queremos conseguir com o Lacrosse”.


4. Como está a banda agora? Planos de novos cd’s depois de “This new year will be for you and me”? Como o público reage a vocês nos shows.


Estamos muito bem! Rickard, que toca o teclado, acaba de virar pai e estamos planejando novos shows e outro cd. Viajamos pela Europa neste inverno e primavera e agora estamos trabalhando em novas músicas para o segundo cd, além também fazer uma pequena turnê pela Inglaterra nessa verão.Quanto a reação do público, bem, é claro que eles ficam loucos quanto tocamos. Eles roubam nossas toallas e dançam, cantam, choram e se apaixonam.


5. O som de vocês tem uma alegria contagiante, espalha esperança mesmo quando as letras são tristes. Quem as compôs?


Eu (Nina) escrevi quase todas as letras e, sim, às vezes eles acabam saindo tristes, mesmo que o Kristian também escreve alguma das letras e elas também são tristes. Talvez nós sejamos pessoas tristes tentando nos animar um pouquino com melodias de ritmos felices e superar a melancolia.


6. O que é mais difícil escrever: músicas felizes ou tristes?


Não é uma competição. Geralmente, para gente, as músicas com as letras mais tristes são as que tem as melodias mais alegres e vice-versa.


7. “You can’t say no forever” temu m clip ótimo mas bem simples. Quem produziu? Todos aqueles ursinhos realmente viajaram o mundo?


Sim, os ursinhos viajaram por todo mundo. Menos para por um lugar que é o Brasil. Todos eles e a gente mal podem esperar para ir ao Brasil algum dia e tocar. Seria um sonho tornado realidade. Depois disso poderíamos parar de sonhar e tocar. Todos os objetivos atingidos!


8. Vocês conhecem alguma banda brasileira? Tem algum favorito?


Nos anos 90, o Kristian entrevistou o Sepultura. Maz Cavalera sentou e respondeu perguntas de jornalistas do norte da Europa no Roskilde Festival. Eles tinham acabado de lançar Roots e diziam que tinham encontrado uma nova inspiração e ritmos depois de viver na selva com os nativos. Mas a música para mim soava a mesma para mim.

Também conhecemos o Seu Jorge e o Bonde do Rolê.

Aqui o ótimo clip de "You can't say no forever". 

Mais no site da banda (www.lacrosse.nu) e

 no myspace.com/lacrossesthlm


1. Kristian Dahl, voz e guitarra
2. Tobias Henriksson, bateria
3. Nina Wähä, voz
4. Rickard Sjöberg, teclado
5. Robert Arlinder, baixo
6. Henrik Johansson, guitarra

4 comments:

André Ramiro disse...

proponho uma dobradinha...vc entrevista e eu disponibilizo o som no blog...hahahahaha\
absssss

Túlio disse...

era uma hein! abs!

apotamianos disse...

é tão meigo que até arde.
bom para dias de mau-humor.!.

Túlio disse...

rá! vi umas fotos da vocalista, menina.... um xuxu.

Blog Widget by LinkWithin