sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Só lembrando...

... Que em Buenos Aires não tem feriado de carnaval. No máximo tem o que eles chamam de murgas, esses grupos folclóricos sem ritmo cheio de gente feia que invadem as ruas, principalmente do bairro Abasto, onde eu moro.

Sábado passado passei por uma delas e me deprimi. Falta muita melanina nessa ginga deles. O engraçado é que com tanta experiência em fazer panelaço, como é que eles ainda não adquiriram uma malemolência e uma batida mais cadenciada?

Ok, eu nunca gostei dessas bandas e também da música carnavalesca. Minhas experiências em Santos ou na famigerada Caiobanda, em Caiobá no Paraná, foram mais estudos antropológicos do que folia propriamente dita, mas.... um feriadinho de quase uma semana faz falta.

Acadêmicos de Villa Crespo, nota ocho y medio!

6 comments:

m disse...

olha só, tem melanina aí na galera de villa crespo...

gente, é uó mesmo. tem um cercadinho e a murga nao pode passar dali e o pior, É PROIBIDA A VENDA DE BEBIDAS ALCOOLICAS num raio de oito quadras de onde acontece essa folia.


fui no coto domingo e nao pude comprar minha quilmes long neck.

PODE, MEU POVO?

Túlio disse...

HAHAAH

essa informação eu não tinha!

coitado do povo, já tem esse batuque de argentino doido e nem uma "cervecita" pra ajudar a aguentar o som?

Paulo Torres disse...

Pensei no sentido oposto... No Brasil, se juntar meia dúzia de desempregados batendo panela, vira pagode. Talvez seja por isso que protestos e manifestações populares não funcionem por aqui.

Djones disse...

Tulionilson, e eu que tive que deixar passar em um programa de TV pro Brasil uma banda totalmente Gualeguaychu style? Não tinha um preto sequer, e a ginga das bailarinas era de chorar! Pero... es lo que hay!! Besitos

André Ramiro disse...

Esse comentário do Paulo foi demais! hahaha. Cara, carnaval aqui é Psycho Carnival. ehehe

Karol disse...

Vontade!!

Blog Widget by LinkWithin