sábado, fevereiro 07, 2009

Curitiba Bizarra


Existe algo errado em Curitiba e não estou falando dos governantes. A quantidade de crimes bizarros acontecido na "capital social" é de assustar.

Quando me perguntam de onde sou digo que sou de lá, é pra encurtar a história. Afinal dizer que nasci num lugar, fui criado em outro, mas antes de vir pra Buenos Aires morei em outra cidade por 6 anos parece muito complicado. Mas afinal não é à toa. Quem me conhece ou lê um pouco desse blog pode perceber na paixão que tenho por essa cidade e o quanto falo bem dela. Mas esse lado obscuro da cidade cada vez mais me chama a atenção quando leio as últimas notícias da capital das araucárias.

Vamos à lista de crimes insólitos nesse último ano:

- Ontem, 6 de fevereiro, um homem foi encontrado com face arrancada devido à varias torturas na cara. Um corte profundo, de orelha a orelha passando por testa e queixo, que parecia digno de filmes trash como Jogos Mortais ou Hostel. Mais aqui

- Ainda em 2009, no comecinho do ano, uma mulher alugou um apartamento na 7 de Setembro, pegou as chaves na imobiliária e chegando no imóvel encontrou uma pessoa morta no banheiro. Mais aqui

- Em novembro encontram um corpo de uma menina de 9 anos dentro de uma mala, em plena rodoviária. Caso que comoveu o Brasil e comoveria ainda mais se já não tivessem tido o caso Isabella e o sequestro de Santo André. Mais aqui.

- Já em Julho de 2008 foi a vez de uma mulher tacar uma criança de 8 meses pela janela, em pleno centro de Curitiba. "Eu queria me livrar do pacote", disse a louca. Mais aqui.

- Em agosto não morreu ninguém mas uma mulher grávida simplesmente parou a Praça Osório, ameaçando se matar, disparando tiros e parando o trânsito de várias ruas. Depois a mulher ainda fugiu com o carro em disparada, furando o bloqueio da PM. Convenhamos, que bloqueiozinho bosta deve ter sido para uma mulher grávida louca, e não um criminoso experiente, ter furado. Mais aqui.

- Tem mais, descendo a serra um pouquinho teve mais. Em Caiobá, marginais atacaram um casal, matando um rapaz e estuprando a sua namorada, que sobreviveu mas ficou sem o movimento nas pernas. Mais.

É claro que não existem crimes normais, mas todos esses que citei aqui parecem ser piores ainda. Tem um teor de bizarrice e crueldade gigantesco. Parece que de alguma maneira nos acostumamos com o festival de crimes patrocinado pelo tráfico de drogas, que só nos chocamos de verdade quando algo sai desse ciclo.

Não entendo então o que há de errado nas pessoas e no curitibano, essa figura vendida sempre como antipática, mas que na verdade só gosta de estar quieto no seu canto, sem falsas amizades e conversas de boi dormir. Nada mais natural que aquela música "Cada um no seu quadrado" tenha sido gravada lá. Poucas coisas definem tão bem esse comportamento.

Mas o que isso tem a ver? Ou são só grandes coincidências? O fato é que ultimamente estou com medo de curitibano.

* A foto é do Cavalo Babão, um dos monumentos bizarros de Curitiba, localizado no Largo da Ordem.

9 comments:

Karol disse...

Monumento deveras bizarro. Adorei! =P

André Ramiro disse...

É bicho, é de se estranhar. Acho que nosso comportamento estilo "pensamento interno" está deixando um monte de gente com falhas de conduta bizarras. Será que até os crimes daqui serão diferentes do resto do Brasil?

Juliana Bragança disse...

e vc ainda quer morar lá?! Eu hein...

giancarlo rufatto disse...

faltou contar da moça que alugou um ap e quando foi entrar no imovel encontrou uma senhora morta no banheiro.
Eu fico pensando que os crimes estão diretamente ligados ao lado introspectivo da cidade. vale lembrar que indice de suicidio da capital tambem é grande - se não o maior do país.

ó o link da velha.
http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=844838&tit=Mulher-aluga-apartamento-no-Centro-e-encontra-um-corpo-no-banheiro

Túlio disse...

Valeu, Gian, pela colaboração.

Adicionei esse causo que eu até tinha esquecido. Afinal são tantos!

Tb fico pensando se isso tem algo a ver. As pessoas são tão contidas, escondem tanto as emoções, que quando eles vem à tona é de uma maneira freak.... Não entendo.

Bruno Silva disse...

Eu acho que tudo isso é culpa do videogame. há!

Abraços!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com

giancarlo rufatto disse...

ó respondendo a vc sobre o Hotel avenida:
"eu faço! é que a gente não tem nada gravado e pra promover os shows iniciais estamos usando o meu trabalho solo. Já-já gravaremos canções como "hotel avenida"."

André Rocha disse...

Esse foi, de longe, um dos melhores posts que eu li desde o início do ano... Forte candidato a melhor doano! :) O detalhe do "Cavalo Babão" foi genial...

Michelle disse...

Ai que medo.

Isso só reafirma a minha teoria!

Blog Widget by LinkWithin