segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Mad Men


Finalmente assisti alguns capítulos de Mad Men, a ultra-premiada série americana que retrata a vida de uma agência de publicidade dos anos 60.

Don Draper é o diretor de criação de uma agência em Nova York que é o gênio por trás de grandes campanhas da época. Junto dele toda uma equipe de redatores idiotas (me imaginei ali), um bando de secretárias no cio e clientes nada profissionais convivem numa época em que tantos comportamentos estavam mudando. Eram os sixties, baby!

Preconceito, machismo, racismo, falsidade e um mundo de aparências que parecia tão escancarado naqueles tempos. Ou talvez somos nós de agora que ficamos mais espertos e aprendemos a deixar as coisas mais escondidas.

O roteiro é de primeira, a direção de arte idem, assim como as atuações. Não é a toa que ultimamente essa série tem papado todos os prêmios que disputa. Não sei se é tão justo. Com quanta coisa por aí, eles não são tão acima da média dos outros, por exemplo. Não são de resolver pequenos casos por episódio, como CSI, ou de deixar o telespectador sem fôlego no final, como LOST. Estão exatamente no meio do caminho, isso se existir um.

Talvez quem trabalhe com comunicação e saiba como é o dia-a-dia nos tempos atuais goste mais. Todo o processo de se chegar a uma idéia anteriormente, por mais toscas que sejam, é muito interessante. O processo de arte, da gráfica e o visual é tão jurássico que me fez lembrar que faz menos de 15 anos quase ninguém usava computador direito.

Mesmo passando nos EUA em um canal obscuro como o AMC, o que resulta numa audiência baixíssima se comparada a grandes hits como House ou The Mentalist, Mad Men já se tornou pop. Afinal não é qualquer um que é parodiado nos Simpsons. Aqui eles parodiaram a abertura da série, trocando o personagen Don en queda para o Homer.

4 comments:

Cido disse...

cara, eu vi os 3 primeiros eps da serie e, mesmo sendo da area, nao me apeteceu. me recomendaram pular logo pra segunda temporada. procede?

Túlio disse...

Digamos que é uma série lenta e que ao mesmo tempo que conta a história do cara, a cada episódio tenta abordar uma particularidade da época.

Confesso que ela tb nao me animou de cara e meio que tive que insistir.

Julieta Abiusi disse...

"Secretárias no cio" é sensacional huahauhau

Túlio disse...

se bem que todo mundo nessa série tá com fogo!!

Blog Widget by LinkWithin