quarta-feira, agosto 27, 2008

Cristina, a cretina.

No começo da semana o Banco da Espanha qualificou a Argentina, em um de seus relatórios, como um país de risco muito elevado para investimentos.

A presidenta Cristina Kirchner saiu logo no contra-ataque falando que "deveriam pronosticar seus próprios problemas" e qualificando os economistas de opinólogos e o banco de irresponsável.

Dona Cristina cabeça-quente, que deveria apontar números e índices econômicos confiáveis em sua defesa, perdeu uma chance de ficar com o bico calado e falar bosta.

Esse incidente, somado à estatização das Aerolineas Argentinas que tinha como maior acionista uma empresa espanhola, é mais um capítulo do skydiving da confiabilidade da economia do país.

Não é à toa que o nosso Lula é praticamente um semi-Deus por terras argentinas. Seu tom conciliador totalmente oposto ao estilo Kirchner de governar e o crescimento da economia brasileira ofuscam aqui todas as notícias sobre as acusações de corrupção.

* nota corrigida dia 29/08

5 comments:

Juliana Bragança disse...

é bom você voltar pra ca logo, viu??

guii disse...

pra quem acha maradona um deus... tao no caminho certo

Túlio disse...

Se a voz do povo é a voz de Deus, o que o Maradona fala é lei?

Marcelo Urânia disse...

cara, vc usou o termo SKYDIVING.

Túlio disse...

sou um entusiasta desse termo, sempre uso para definir uma queda rápida e impossível de ser evitada.

Blog Widget by LinkWithin