sábado, agosto 30, 2008

Brazilian Day em Buenos Aires?

Li no G1 que amanhã, dia 31, tem o Brazilian Day em Nova Iorque e que são esperadas mais de um milhão de pessoas para os shows do Jorge Ben Jor, Lulu Santos e Banda Eva. Vi no site que o evento é apoiado pela Embratur e espero MESMO que eles não tenham planos de expandir isso para outras cidades como Buenos Aires.


Tive três experiências com a comunidade brasileira propriamente dita e duas foram traumáticas. A primeira, que foi a melhorzinha, foi numa festa junina gigante patrocinada pela LBV. Rolou um sorteio para uma super viagem ao Rio de Janeiro com um acompanhante e tudo pago, mas não ganhei. 

A pior vez ver o jogo Brasil X França no bar Maluco Beleza. Trocentas pessoas em pé, assistindo o jogo no telão com um comentarista torcendo contra, muito axé, gringos loucos. E claro, mulheres horríveis suadas e semi-nuas sorrindo para as câmeras dos canais de TV argentinos enquanto mostravam ao vivo toda a geografia do Mato Grosso do Sul delas.

Também cheguei a ir numa super festa junina em Palermo, com mais sambão, passistas e todo aquele carnaval super pertinente a uma festa caipira. De São João não tinha nada! Só faltou ter rolado um "Arerê love love com você" para ser mais bizarro.

Que o Brazilian Day não se transforme no Día Brasileño! Quem quiser reviver sua brasilidade que tome um vôo da Gol!

6 comments:

Ciana Lago disse...

hummmm, acho que vou te desconvidar daquele eveinto :-)

Túlio disse...

Que isso, Ciana! Um grupo argentino de pagode chamado Malandragem é o que há!

George disse...

Túlio, ontem no Globo Repórter o assunto era a Guiana Francesa e os brasileiros que lá estão residindo. Em determinado momento, entrevistaram um empresário fissurado em volêi de praia. Ao que ele comenta [cito de memória, não "ipsis literis"]: "falei para eles que deveríamos vencer para aparecer no jornal brasileiros vencendo aqui, e não em uma manchete de crime"...

Logo após, aparece uma senhora (alguma autoridade por lá) dizendo que brasileira na Guiana é diretamente relacionada à prostituição.

E assim caminha nosso país, reforçando esta imagem no exterior.

Poderia ser uma coisa que deveríamos nos acostumar, mas o que me irrita é que a própria Embratur, quando vai a uma tal de "Feira Brasil" em Paris, leva, com dinheiro público (ou seja: o teu e meu dinheiro e de todos brasileiros) meia dúzia de passistas da Beija-Flor de bunda de fora e mais um pedaço da bateria da escola. Ou seja, além de reforçarem o esteriótipo, simplesmente ignoram as outras partes do país. Certo, levar uns caras dançando a 'dança do facão' não seria tão atraente, mas esconder o resto do país que não é "tão exótico" é uma grande sacanagem e sem dúvida, uma mentira.

O sul do país é varrido para debaixo do tapete.

Lívia disse...

Ai, nem fala, eu sou totalmente a favor do boicote a eventos desse tipo! Minhas experiências também foram deprimentes, e ainda não consegui superá-las!

bjs

LuRussa disse...

Meu, legal teu blog, vou ler todinho.

vamos nos linkar ??

meu blog é sobre viagens, experiencias em mais de 20 países e uns 7 países nada convencionais que eu já morei. Espero q goste das minhas "estórias"

abraço
LuRussa
www.garotinharuiva.blogger.com.br

Túlio disse...

Claro que sim! Já está linkada!

Blog Widget by LinkWithin