sexta-feira, junho 19, 2009

Argentina gripada


No auge do frenesi midiático mundial pela gripe suína, a Argentina foi o país sulamericano que reagiu de forma mais histérica e desesperada (ironicamente é bem assim que as mulheres aqui se comportam) contra a doença.

Por alguns dias foram cancelados simplesmente todos os voos que chegavam do México. Todos. Só que a medida era tão capenga, que os voos que vinham do México e faziam escala em São Paulo, por exemplo, chegavam normalmente.

O resultado? Milhares de pessoas varadas no México tendo que mudar voos e cancelar compromissos. O inteligente governo argento, no entanto, esqueceu de que a gripe estava forte também nos Estados Unidos. Os voos que saíam de Miami não foram cancelados, só os dos pobres chicanos.

Agora a Argentina é o quarto país do mundo afetado pelo vírus. Já foram 6 mortes e mais de 900 pessoas infectadas. Uma doença de rico, já que a maioria das pessoas que contrairam o vírus estavam de férias em Miami!

Domingo, quando cheguei de férias do Brasil, o aeroporto de Ezeiza parecia um filme de ficção científica. Uma horda de japoneses com mascarinhas, médicos, formulários a preencher e um cara com um termômetro que mais parecia uma arma de raio laser.

4 comments:

Mélker Rúbio disse...

sou brasileiro, nao vou comentar, pois posso ser muito patriota...

Shari disse...

bizarro!!!!

adélia jeveaux disse...

Quando eu voltei daí já tava assim, fio.

Rictov Saeros disse...

a desvantagem é que para a gripe que causa este comportamento histérico e desesperado podem fazer vacina, já para as mulheres porteñas...

Blog Widget by LinkWithin