terça-feira, julho 01, 2008

My blueberry nights.

Que filme bonito esse "My blueberry nights". Não é uma película qualquer, mas definitivamente algo que precisa ser apreciado e degustado com toda a atenção.


Li péssimas críticas sobre a atuação de Norah Jones como protagonista, mas achei que ela não compromete e cumpre bem a função. Natalie Portman está ótima como semi-baranga e Jude Law interpreta o clássico papel de Jude Law. O desenrolar das histórias flui naturalmente e certos personagens nos conquistam de cara, como Arnie, o bêbado apaixonado por Rachel Weisz.

Tudo é caprichadíssimo. O espetáculo de cor, os artifícios usados pelo diretor, os personagens, a trilha sonora e a participação da Cat Power.

Tinha achado o nome em espanhol, "El sabor de la noche", meio besta, mas depois vi que em português batizaram o filme de "Um beijo roubado", o que não tem simplesmente nada a ver.

Até quando vão continuar traduzindo filmes obras-primas com esses nomes bostas de filmeco do SBT?

10 comments:

George disse...

(Comento fora de lugar, não estou comentando sobre esta última postagem, especificamente, perdão).

Túlio, tuas postagens sobre futebol são ótimas, e sempre pertinentes.

Sobre teu escrito a respeito do jogo Brasil x Argentina, dá uma olhada no que escrevi no purofutebol.blogspot.com
Meu texto está um pouco contaminado, em virtude de eu escrever logo após a partida,tipo tópico "desabafo", mas vai ao encontro do que escreveste por aqui.

Parabéns pelos textos, um dos melhores blogs da rede.

Abraço!

Túlio disse...

Obrigado, George! Aproveitei pra linkar seu blog aqui no Aires Buenos. Abraço!

adélia jeveaux disse...

Ah, eu adoreeeeiii esse filme. Realmente não entendi as críticas escrotas dos estudantinhos de cinema.

Agora, realmente, os estúdios precisam parar de deixar o departamento de Marketing fazer as traduções dos títulos.

Lívia disse...

Quero ver esse filme, não vejo falarem muito sobre isso aqui e no Brasil já saiu tem tempo.

Bjs

André Ramiro disse...

Saí do cinema e fui beber. HAHAHAHAH
abssss. Bom demais realmente. Putz, o foda foi ter ido assistir com o Pill e não com uma gatinha. hahaha
abs e quinta aqui então? Vamos ao jazz do wonka!

giancarlo rufatto disse...

não gostei.

Túlio disse...

mala onda.

Daniel Laureano disse...

Realmente o filme é incrivél, Cat Power e Rachel Weisz dão o toque que faltava, trilha sonoro animal e a direção é fina, te coloca como um observador com os planos sempre vindo ou indo de trás de alguma coisa.
Sobre a tradução, achei uma das poucas vezes que acertaram a mão. Principalmente por não mostrar a cena inteira no quando ela acontece mas sim só no fim, o beijo foi tão roubado que o roubaram até de quem assistia ao filme. Realmente não entendi esse aversão ao nome. My blueberry nights sim, me parece meio besta e até infantil... total menininha. rs

Parabéns pelo blog!

Bruno Silva disse...

Po, fiquei até com vontade de ver esse filme agora. Cinema anda tão ruim nos ultimos meses que pelo amor. Desisti por um tempo.

Sucesso!

Ciana Lago disse...

Eu também gostei muito! Especialmente de Nat Portman! Me encanta esta chica!!

Blog Widget by LinkWithin