quarta-feira, julho 23, 2008

Guia Rápido de Buenos Aires: 8. Futebol.

Continuando, com o nosso guia de 10 capítulos . Hoje hablamos de futebol.

A primeira imagem que vem na nossa cabeça quando pensamos na Argentina não é o tango ou as belas muchachas porteñas, mas sim da camisa celeste e branca da seleção argenta.

Nada mais justo então que Buenos Aires seja uma verdadeira capital do futebol. Talvez seja a cidade do mundo com maior quantidade de clubes que disputam a primeira e segunda divisão do campeonato nacional. Só na primeira estão River Plate, Boca Juniors, Arsenal, Argentino Juniors, San Lorenzo, Huracán e Vélez. Isso sem contar nos times da região metropolitana Independiente, Racing, Tigre, Lanús, Banfield, por exemplo.

Ou seja, para quem gosta de futebol, Buenos Aires tem opções de sobra.

La Boca
O Boca Juniors é o time que melhor explora seu potencial turístico. Uma visita a "La Bombonera" rende muito. No estádio há um museu do time e é possível fazer uma visita guiada pelas entrañas do mítico estádio. É interessante para poder pisar no gramado e ver como é tudo por dentro. 

"La Bombonera" pode ser lendária e amedrontar os adversários, mas de moderna ela não tem nada, por mais que a guia local insista. A sala de imprensa, por exemplo, é caquética mas a guia insistia em dizer que era a mais moderna do hemisfério sul. Lembro que já fiz um tour pela Arena da Baixada e passei pela sala de imprensa de lá que é incomparável. Faltou humildade para os guias, ou talvez para toda população local. Há também uma lojinha com camisetas, boné, roupa de cachorro, vinho e tudo que você imaginar do Boca. Fuja! É tudo muito caro. Comprar uma camiseta oficial ali custa quase o dobro do que no shopping. Fora que o vinho do Boca é uma porcaria.

Durante um jogo a sensação de ver a Bombonera lotada e fervendo é uma experiência única. Nunca vi nada parecido. A maneira que a torcida se comporta e a própria acústica do lugar é inigualável. Visita obrigatória.

Outros estádios

O Monumental, do River Plate, está localizado no bairro de Nuñez no norte da cidade. É lá que a seleção argentina manda seus jogos. Dizem que recentemente a Adidas fechou um contrato com o clube para começar a construção de um Museu lá.

O San Lorenzo manda seus jogos no Nuevo Gasômetro, um estádio relativamente novo que fica no bairro de Flores, numa zona meio perigosa e entre favelas. Num jogo contra o Santos, temi por minha vida quando visitei essa vizinhança.

Um estádio um pouco mais moderno é o do Velez Sarsfield, localizado no longínquo bairro de Liniers. Uma construção recente e um pouco mais bonita que a dos outros, que frequentemente é palco de shows grandes como Bob Dylan, Shakira, Travis.

Já em La Plata, a 70 km de Buenos Aires, está o campo mais moderno do país. O estadio municipal da cidade, onde jogam Estudiantes e Gimnasia, foi inaugurado há dois anos e é um verdadeiro espetáculo. Moderno e limpinho, nem parece que estamos assitindo futebol na América Latina.

Eu com a camisa do Jabaquara, no estádio Ciudad de La Plata para o jogo Gimnasia La Plata x Santos, 2006

As outras divisões

Além dos grandes times, em Buenos Aires também estão dezenas de outros clubes que jogam a segunda e terceira divisão. Mesmo afastados da "grande mídia", as torcidas desses times são apaixonadas e enchem estádios. Nueva Chicago, Almagro, Ferrocarril, All boys e Chacarita são um exemplo disso.
 
A pequena e barulhenta "hinchada" do Chacarita é conhecida internacionalmente pela sua selvageria e violência. O Nueva Chicago este ano caiu para a terceira divisão depois de ser punido pela AFA, culpa de sua torcida que matou um cara no campeonato passado. Nesses jogos de outras divisões, recomenda-se ir acompanhado de um habitante nativo do local. Preserve sua vida e bolso.

Quer por medo? Vista uma Camiseta do Chacarita Juniors.

Camisetas
O peso está valendo cada vez menos que o real e as camisetas oficias de times por aqui estão baratíssimas. Seja dos grandes ou dos pequenos clubes. Aproveite e compre uma camiseta peculiar de um time como o Godoy Cruz ou o Colon de Santa Fé. Há também as promoções de camisetas de temporadas passadas. A camiseta oficial usada pela seleção argentina na Copa de 2006 sai por 99 pesos na Calle Florida.

TV
Para quem quer gastar o tempo em compras, visitando Puerto Madero ou comendo um bife de chorizo, ainda resta ver futebol na TV no hotel. É sempre interessante ver como outro povo vê e trata o futebol. 

Os jogos mais importantes de domingo do campeonato argentino não passam na TV aberta e nem nos canais a cabo, passam somente no pay-per-view. Uma alternativa um tanto quanto surreal inventada pelos canais aqui é mostrar a torcida nesses jogos. É como ouvir o rádio, mas vendo as reações da torcida na tela. Muito estranho.

Para terminar o Guia Rápido de Buenos Aires, mas não tão rápido assim, agora só faltam 2 capítulos. Para ver todos os posts do guia clique Aqui!

1. Centro / Retiro
2. 9 de Julio / Corrientes
3. Puerto Madero
4. Recoleta / Barrio Norte
5. Palermo (Parques e compras)
6. San Telmo / Boca
7. Tigre / San Isidro
8. Futebol
9. Noite e Náite
10. O que os guias não dizem

11 comments:

Aninha Bitten disse...

Túlio! Preciso muito bater um papo contigo... no meu msn ou no seu? :)
se quiser, anota ae:
megavips@hotmail.com

Túlio disse...

ok!

Paulo Torres disse...

Belo post!

Fui sozinho a um jogo noturno do Ferrocarril Oeste, no estádio em Caballito, e me pareceu bastante seguro e civilizado - só as arquibancadas *de madeira* balançando que me assustaram um pouco.

Já no Ciudad de La Plata, me senti como na Copa do Mundo da Alemanha. Mas tive notícias de que o Gimnasia voltaria a jogar no velho Estádio del Bosque.

Túlio disse...

Pois é Paulo, o estádio do Ferro é o que está melhor localizado, comparando aos outros times da serie B. Há rumores que o Estudiantes tb reforme seu estádio... veremos.

lielson disse...

um time como o Racing merecia muito mais atenção que aquela dispensada pelo redator do blog.
decepção..

Túlio disse...

Cara, o RACING está sob intervenção estatal!!! Jogadores de greve por causa de salários... nada turístico.

Leo Carioca disse...

Devo reconhcer que o estadio do ra-sin-club é melhor para ver uma partida.

Alis, um Independiente-Ra-sin-club é outro grande jogo para assistir.

Para aqueles que gostariam de ser correspondentes de guerra, é muito recomendável assitir un Ñuls-Central, só como para aquecer antes de ir para Iraque.

André Ramiro disse...

Boca é Boca...todo brasileiro quer ir assistir um jogo. E por sinal, será que vai rolar??? hehe

Karol disse...

Pô, Tulio, cadê o resto do guia? =P

FER disse...

Não consegui assistir ao jogo do Boca quando estive por aí, mas fui no tour e realmente as condiçoes do estádio sao decepcionante, como decepcionante é a condição do monumental; lá consegui assistir a river x newells e fiquei com a impressão de estar no primeiro mundo quando vou ao maracana, pq se o estádio q a seleção argentina joga é daquele jeito imagine os outros...

Eugenio disse...

Oi!
Ficou supresso como vc gostam ir para Argentina a assistir jogos de futebol, sou argentino, logicamente vcs sao bem vindos sempre, agora os jogos sao transmitidos todos ao vivo por TV Aberta, o que produz um grande conflito de interesse politicos etc...
Em aproveitem para passear cuidados com suas cameras, sempre tem amigos do alheio... e com alguns taxitas...
em geral somos educados, de todos modos sempre existem idiotas como em qualquer parte, tem um bairro muito bonito que recomendo visitar eh Banfield ( menos de 20 KM para ao sul de buenos aires)

Um abraco para todos

Eugenio

Blog Widget by LinkWithin