domingo, maio 25, 2008

O Brasil não faz parte da América Latina.

O Brasil faz parte da América do Sul, mas não da América Latina.


A primeira é uma divisão geográfica inegável, a outra é uma divisão cultural bem discutível. Afinal o que é a América Latina?

Desde que me mudei para a Argentina comecei a perceber isso. Aqui existe uma preocupação com o que acontece nos países limítrofes e seus respectivos rumos políticos. Lembro que quando Bachelet assumiu a presidência do Chile, toda a cerimônia foi transmitida ao vivo por canais de notícia como TN (a Globonews daqui).

Óbvio, isso seria impossível no Brasil, já que em primeiro lugar não falamos a mesma língua, mas de qualquer maneira ninguém está tão interessado a ponto de ver um evento como esse tão detalhadamente.

Muitas televisões a cabo, como Fox Sports e as ESPN's tem um sinal para todo o continente quase que todo o tempo, modificando alguns programas somente. Ou seja, você fica antenado de tudo que acontece no campeonato peruano e boliviano, mas raras vezes vê um gol do campeonato brasileiro. O desconhecimento com o que acontece no Brasil é mútuo e isso vai muito além do futebol.

Desde o Tratado de Tordesilhas não sabemos nada que passa do lado de lá. Não temos a mínima idéia, a não ser os professores de História, de como se formaram todos esses países da América do Sul, como foi a independência deles. O que é o 25 de mayo argentino? E 9 de Julio? O que isso significa?

Não nos interessa. Sabemos muito mais sobre a história americana das 13 colônias e o 4 de julho do que se somarmos nossos conhecimentos os países que fazem fronteira com a gente.

No meu trabalho antigo e no atual o trabalho é para toda a América Latina. Mas existem as coisas feitas para LAT e as coisas para BRA. E as diferenças vão muito mais do que simplesmente a língua. É a maneira de pensar, os costumes, atitudes, relação com a tecnologia e uma gama de coisas que fica difícil tentar colocar tudo aqui. 

Estava vendo aqui na ESPN um especial sobre as 500 milhas de Indianápolis e mostraram uma lista das melhores colocações dos pilotos latinos. Segundo eles somente Juan Pablo Montoya ganhou, isso em 200. Ou seja, esqueceram de citar as vitórias brasileiras em 2001, 2002 e 2003? Ou simplesmente admitiram que o Brasil não faz parte da América Latina?

Pelo que vejo, o latino padrão é o latino que vive nos Estados Unidos. Talvez da Colômbia e Venezuela pra cima haja uma identificação com esses latinos.  Pelos lados do rio de la Plata nunca vi menina de bunda grande bailando sensualmente uma rumba pelo menos. E quase ninguém tem parente em Miami.

E quando há a premiação do Grammy Latino? Algum artista popular do Brasil ganha? Ou é sempre naquelas categorias "melhor banda brasileira"? Se somos latinos não precisaríamos dessas categorias especiais.

El Cuarteto de Nos, banda uruguaia que já cansei de citar aqui no blog, tem uma música chamada "No somos latinos" que fala bem disso

Pensarán que soy medio latino
o que vivo borracho de vino
quieren hacerme creer estos cretinos
que los uruguayos somos latinos.

Hace un tiempo parecía joda
que ser chicano esté de moda
si me viera mi abuelito Arsenio
cantando con acento caribeño.

Yo no digo "ia está listo el poio",
Ni "frijoles" ni "arroio"
"ierba", "iuio" ni "io io"

No me jodan más no somos latinos
Yo me crié en la suiza del sur.

Yo no se bailar ni cumbia ni salsa
ni me escapé de Cuba en una balsa.
Me parió en Montevideo mi mami
yo no quiero ir a vivir a Miami.

Hace rato en la radio, en la tele
me pudrieron a son y a merengue
No me hagan poner arisco
y no quiero ir al show de Don Francisco

Y piensan
los yanquis y los europeos
somos un país bananero
con palmeritas y calor.

No me jodan más no somos latinos
Yo me crié en la suiza del sur.

En Colombia me decían gringo,
o alemán en Santo Domingo
Ni en Honduras, Panamá y Venezuela
el Uruguay ni saben donde queda.

Prefiero hablar con un filósofo sueco
Que con un indio guatemalteco,
y tengo más en común con un rumano
que con un cholo boliviano.

Cuando leí "las venas abiertas"
que era un bodrio me di cuenta
y a la cuarta hoja me dormí.

No me jodan más no somos latinos
Yo me crié en la suiza del sur.

Uruguaios a gozal!

12 comments:

Leo Carioca disse...

Aquí também sinto a mesma coisa: o brasileiro, muita vezes, também acha que não "latino".

Reparei que nos últimos anos, muitas pessoas com quem falo se referem às uruguaios, colombianos, argentinos como "latinos". Sempre pregunto; e você qeu é, saxão?

Casualmente, começei reparar mesmo nisso, com o um exempo do Chile também: quando morreu Pinochet, um âncora da Globo falou: "Vamos a Santiago com nosso correspondente na América Latina". Como é? estou morando onde?


O que sim vejo na, pelo menos na Argentina, que lá tem mais informação sobre música, literatura, política.

No esportes, nada de nada, dos dois lados.

Acho péssimo essa falta de troca de informação dos dois lados.

Rafael disse...

Bom quanto a essa coisa de se ou não ser latino , isso é oque menos importa , o Brasil é composto de várias etinias, eu mesmo sou filho de imigrantes e que não tem nada a ver com esse esteriótipo de latino, porém não me considero , latino, filho de imigrante, saxão nem nada e sim brasileiro , ja andei muito por este , brasil e já visitei alguns paises vizinhos , e nao tem como por um carimbo e dizer ah o Brasil é assim, a diversidade de pessoas , de cultura é muita grande , e graças a deus que é assim, já estive na Argentina , é um País agradável , mas que também nao s considera latino, pois latino para eles sao índios coisa que eles não são , plo menos foi essa a impressão que tive, é um belo país, com pessoas agradáveis, e um senso de nostalgia muito grande , mas espero poder voltar um dia , bom um abraço e uma boa semana

Leo vinhas disse...

"Prefiero hablar con un filósofo sueco / Que con un indio guatemalteco". Duca esse verso, hein? Mas realmente, a geografia é uma coisa, a cultura é outra. Não recebemos sequer influência de nossos vizinhos de hablaespana, e os vemos de forma tão caricatural como, digamos, os americanos - com cenas como as descritas nessa canção. Se até aqui na fronteira a visão dos brasileiros quanto aos argentinos e paraguaios é "folclórica", pense no resto do páis.

Túlio disse...

A ignorância não tem fronteiras.

Mari disse...

Ótima reflexão, Tulio! O Brasil é muito "inchado", em todos os sentidos, para se dar conta de seus vizinhos. Mas acredito que a maior barreira, e também a maior arma de coalisão geográfica do Brasil, é a lingua portuguesa.

Rafael disse...

Bom quando estive na Argentina também vi que alguns nao sabiam muio sbre o brasil, mas enfim pode até ser implicancia minha só sei que pelo que vi eles tbm nao se consideram latinos, mas enfim acho que e como ocorre no sul do brasil , um eterno sentimento separatista, um abraço a todos

Mariana Souza disse...

jajaja tuliote menino.
viva!
cada vez me sinto mais de pindamonhangaba.
ya no se que hacer conmigo

Leonardo Fleck disse...

E isso que o las venas abiertas foi escrito por um perfeito idiota uruguasho. finíssima a ironia da banda, baita letra, aliás.

Lívia disse...

Túlio, excelente post. Sou historiadora e há anos estudo América Latina, e cada a sensação de que o Brasil não se inclui nesse conceito é maior. Gostei muito da sua explicação de que esse é um conceito cultural, mais especificamente criado no século XIX por Napoleão III como justificativa para a influência francesa na América Latina. Deixo aqui um artigo que explica melhor essa influência francesa.

Abraços

www.scielo.br/pdf/soc/n14/a06n14.pdf

Paulo Amaro disse...

Falamos uma lingua original do latin assim como o espanhol.. mas pelos nossos costumes e modos de vida não somos iguais aos nossos países vizinhos.. veja se na casa de algum brasileiros ou nas radios do Brasil é comum tocar música argentina, colombiana ou mexicana como se escuta nos outros países da america latina ou se eles escutam a nossa música frequentemente?.. acho que não.. O Brasil é um país isolado da America Latina culturalmente porque temos nossa própria cultura de grande que somos e pelo português.. e o resto da America Latina tem a cultura deles por serem pequenos países em relação ao tamanho do Brasil e com o mesmo idioma e mesmo gostos por isso são unidos pela cultura deles.. somos Latinos sim mas não como nossos vizinhos... pois veja Portugal e Espanha falam nosso idioma que vem do Latin e nem por isso são chamados de Latinos... Ser Latino é cultura e não do Lugar onde se está é por isso que os EUA não vê o Brasil como um país Latino.

Anônimo disse...

Somos lusitanos :F

Anônimo disse...

Estou cansado de tanta ignorancia, somos latinos por morar na amaérica-latina, somos latinos por nossa língua derivar do latim, mas não somos latinos quanto a raça, o termo latino se referindo a raça são mestiços de espanhóis com indios.
Os europeus de (espanha,portugal,frança, italia,ucrania etc) são latinos quanto a fala e europeus quanto a raça.

Blog Widget by LinkWithin