sábado, novembro 24, 2007

A "palermização" de Buenos Aires.

A palermização de Buenos Aires não tem nada a ver com o atacante Martin Palermo aqui da foto (aquele que ficou internacionalmente famoso por ter perdido 3 pênaltis em um jogo da Argentina).

A palermização em questão tem a ver com o bairro de Palermo. É um bairro bem grande, que começa perto da Recoleta e vai até Belgrano. De uns tempos pra cá essa área foi dividida pelo mercado imobiliário em zonas com nomes patéticos.

Existem nomes aceitáveis, que já são bem antigos como Palermo Chico e Palermo Viejo. Um para designar a região onde está o Malba e arredores e o Viejo na parte mais próxima da Av. Córdoba.

O mais idiota de todos os nomes é o Palermo Hollywood, onde ficava a empresa onde trabalhei quando cheguei aqui. Basicamente é um conglomerado de quarteirões onde existe muitas produtoras, finalizadoras e alguns canais de TV. Ou seja, seria a região onde as estrelas transitam, logo Palermo Hollywood. Tudo bem que já encontrei o Gaston Pauls, um dos atores do filme 9 Rainhas, duas vezes no restaurante Trapiche, mas isso é outra história.

Outro nome imbecil é o Palermo Soho, basicamente chamado assim porque existem muitas lojas de roupa de marca e ateliers de artistas. É aí que está a Plaza Serrano onde existe a tradicional feira dos sábados e domingos.

Para o mercado imobiliário, quanto maior Palermo for, mais fácil é vender. De alguma maneira, o nome Palermo dá mais valor a área. Recentemente algumas imobiliárias foram multadas porque estavam vendendo alguns imóveis da Villa Crespo, o meu bairro, como sendo de Palermo Queens. Sinceramente, ridículo!

Quem sabe um dia Buenos Aires seja uma imensa Palermo. Muitas sugestões já estão sendo dadas para novos Palermos como "Palermo Little Horse" (Caballito), "Palermo All Thin" (Almagro), "Palermo Mouth" (Boca), "Palermo Washington" (Congreso) e "Palermo Flowers" (Flores).

Coincidentemente nesse mesmo Palermo Queens, a duas quadras da minha casa, acharam um recém-nascido morto dentro de um saco de lixo bem numa esquina. Quanto glamour!

6 comments:

Leo Vinhas disse...

E aquela área dos bosques, vai se chamar Palermo Queer, por causa das "rainhas" que circulam por lá à noite? Ou Palermo Jogging?

Anônimo disse...

Tambem podem pôr Palermo eleven a On ce, Palermo slaughters a mataderos, y Palermo.... barracks¿?? a barracas?
Novas sugerências pra fazer o mercado inmobiliario cescer.
Meu potuguÊs dá lástima!

Fer Funchal disse...

o Abasto poderia ser Palermo Supply, e a Chacarita poderia ser Palermo Country :-)

sabe que eu acho esses Novos Palermos a região mais sem graça de Bue? claro, a região mais sem graça de Bue ainda assim é mais legal que 80% de Porto Alegre, mas sei lá... é a zona menos "roots" da cidade, parece que tem menos alma que o resto, não sei explicar direito.

your crowbar disse...

Pesquisando sobre Buenos Aires, o nome "Palermo Hollywood" me fez dar muira risada. Estou indo para a cidade pela primeira vez em janeiro, e estava acompanhando (e aproveitando) seu Guia de 9 partes... Você pretende continuar escrevendo-o?

nadia disse...

esse cara aqui q naõ entede nada de polo nem de buenos aires, é muito ridiculo!!!!
acho q ele não conhece buenos aires mesmo!!!!!são solo nomes,não tem nada a ver com o espirito da cidade!!!!
buenos aires é muuuuito legal!com milhares de coisas para fazer:boates incríveis,restaurantes,teatros, museus,e muita história...sei lá!!!!
tem coisas ruins como toda cidade grande,mas cara!!!!! aceita q é uma cidade maravilhosa!jajaaja!!!

Lielson Zeni disse...

Palermo's Fool? Palermo Nashville? Palermo Legends?

Blog Widget by LinkWithin