quarta-feira, setembro 09, 2009

Barrios de mierda

Estima-se que 70 toneladas de cocô de cachorro são deixadas diariamente nas ruas de Buenos Aires. É bosta pra todo lado, meu povo!

Mesmo morando em apartamentos diminutos, muitos portenhos tem cachorro e às vezes daqueles dos grandes. Segundo dados oficiais são mais de 425 mil cachorros na cidade.

Um levantamento feito pela prefeitura portenha indicou os quatro bairros mais cagados da capital: Recoleta, Palermo, Caballito e Flores. Andar por certas ruas desses lugares é um verdadeiro desafio. São raríssimos os casos do dono que limpa a caca do seu canino e mal sabem eles que deixar sujeira na rua é uma infração, que varia entre 25 e 200 pesos. Mas só são 10 fiscais de merda para multar toda a cidade.

Para quem reclama do seu trabalho taí uma oportunidade de repensar a vida. Não reclame! Você poderia estar fiscalizando cachorro cagão!

Mais na matéria do Clarín.

8 comments:

Nadja G. disse...

Meu, tava pensando nisso ontem. É o fim da picada. Aposto que um suíco passa a sua vida inteira sem ter pisado em merda de cachorro. Se a gente parar pra pensar, é subhumano viver rodeado de merda desse jeito. Beijo!

Leo Carioca disse...

É de dar vergonha.

Quando cheguei no Rio, a situação era mais ou menos a mesma: muita merda na rua.

Foi só fazer uma campanha para que as pessoas levantem os presentes dos cachorros que melhorou e quase não tem merda na rua.

Túlio disse...

Dizem que pisar na bosta dá sorte e olha que ultimamente ando bastante premiado.

Quando pisar, minha dica é descontrair e começar a cantar:

"Isso aqui ôô, é um pouquinho de Brasil iáiá"

Bruno Silva disse...

A merda é tanta que apelidei os excrementos alheios de "Los Cocodrilos".

E só pra constar, comi um choripan naquela barraquinha amarela ali na foto.

Abraço, guri!
Bruno Silva
http://www.ladobdocassete.com.br

Leo Vinhas disse...

Nisso eu posso dizer: ponto para São Paulo! Se tem um lugar onde todo mundo limpa a merda que o seu bicho faz, é aqui. Com direito a terrorismo psicológico para os loucos que se atrevem a não limpar.

Pena que o mesmo não vale pra quem joga lixo na rua. É merda igual, só muda a fonte da sujeira...

Lívia disse...

Acabei de ler "Ensaio sobre a cegueira" e cada vez que o Saramago falava da merda nas ruas, eu lembrava de Buenos Aires... triste.

Karol disse...

10 fiscais?! Que piada...

claudemir disse...

Emprego pior do que o de fiscal da merda canina, é o do cara que leva os cachorros pra cagar, como aquele ali da foto. Pelo menos em Buenos Aires, ele não tem que limpar...

Blog Widget by LinkWithin