terça-feira, março 13, 2007

Gustavo Cerati en Buenos Aires

Esqueci de citar que sábado passado fui no show do Gustavo Cerati, fechando o ciclo de espetáculos gratuitos nos parques porteños.

O ex-vocalista do Soda Stereo tocou na esquina da Figueroa Alcorta con La Pampa para, dizem os cálculos, cerca de 200 mil pessoas.

Desse senhor só conheço bem o último CD, lançado ano passado, que se chama Ahi Vamos. Além de tocar vários clássicos do seu ex-grupo, um dos maiores expoentes do rock latino nos anos 80 e 90, ele tocou várias coisas de seus outros cd's, que são menos rock que o último.

Entre a avalanche de Hits, desfrutei das pérolas Crimen, Adiós, Lago en el Cielo, Jugo de Luna, La excepcion e uma versão mais calminha e ótima de Me quedó aqui. Fora a ironia da música Av. Alcorta, já que o palco era apenas ao lado de tal avenida.

Um ótimo show de mais de duas horas, melhor ainda para os argentinos que puderam cantar junto as velhas músicas do Soda Stereo, além de desfrutar da participação de Spinetta. Para mim foi apenas bom, faltou um pouco de contexto.

Na volta do show uma bela camelada de umas 15 quadras até a Av. Cabildo para esperar um ônibus lotado para ir pra casa. Fora ser esmagado como sardinha numa multidão que caminhava sem noção para tomar uma rua.

Um belo e apertado sábado à noite.

Confira aí La Excepción, do disco Ahi Vamos.
Llévame a un lugar con parlantes, baby.

6 comments:

patrícia. disse...

Na minha opinião ele é, sem dúvida, um dos melhores cantores argentinos!!! Meu favorito!! Morri de inveja de saber que você foi no show dele!!!

Túlio disse...

ele é um "grosso", como dizem aqui.

Leo Vinhas disse...

Pô, Tuli, tantos e-mails trocados e só agora fui saber que você é o Tulio do Johnz! Cara, eu gosto muito do Johnz, adoro as musas inexistentes (Georgia, Thaís, Ana Carolina), o popismo explícito, as letras em sacadas. Minha namorada e eu somos fazões de "Como influenciar amigos..." e "Talento, Humor, Originalidade" tá sempre no player. Bom, rasgaçao de seda à parte: hoje eu vivo na fronteira com a Argentina (Foz do Iguaçu/Puerto Iguazu) e foi aí que começou essa minha coisa com o rock portenho. Tenho uma grande atração por Buenos Aires e por pouco não fui morar aí também. Coincidentemente, também sou RP... mas ganho a vida dando aulas e trabalhando no turismo, hahaha! Enfim, legal ter você escrevendo sobre o que rola aí e ainda companhando o que rola nessas terras pós-lusitanas. Abração!

Túlio disse...

Quantas coincidencias!!! Abraço ae!

Fabiano Goldoni disse...

Curti bastante o show também. Só não entendi como um show ao ar livre, num lugar aberto, pôde proporcionar tamanho abarrotamento de gente na saída.

Túlio disse...

realmente, rolou um pequeno momento de panico ali.

Blog Widget by LinkWithin