sexta-feira, fevereiro 01, 2008

Carnaval em Buenos Aires.

Essa semana recebi um email avisando que os escritórios brasileiros da empresa onde trabalho estarão fechados na segunda, terça e quarta pelo carnaval. Três dias de feriado. Três dias seguido. Enquanto isso aqui em Buenos Aires trabalharemos normalmente, nem é feriado no país.

Ok, vamos nos consolar na idéia de que não há nenhum indício de axé por aqui. Pelo menos isso!

Ser obrigado a sair daçando e fingir uma falsa alegria durante alguns dias nunca foi muito do meu feitio. Nunca gostei da festa do carnaval, mas sempre adorei o feriado do carnaval.

Mas vamos e convenhamos que carnaval é uma fuga e nada melhor que fugir para bem longe nessa época do ano. Com namoradas ou amigos, as fugas acabavam até sendo em direção ao Carnaval. Afinal sair de Curitiba nessa época significa encontrar muito mais ginga e malemolência por metro quadrado do que há na capital social.

Pois é, deu saudade de fugir, de esticar o feriado, de rir das pessoas ridículas que ouvem som alto de sunga com uma latinha de skol na mão e de esperar a quarta-feira para ver a apuração das escolas de samba. Quesito alegorias e adereços: nota nove e mêiiiiioooooooo.

5 comments:

Mariana disse...

hate carnaval.
ei, quero tua ajuda, aonde vc pegou esse mural de artistas no last.fm? procurei por tudo lá e não encontrei, tem que ser assinante pago e tal?

Leo Viñas disse...

Pois é, eu vou pra Cosquin, e você não!

Azar seu, descolei até uma credencial de jornalista!

Três dias de festa VIP...

Abraço!

Helena disse...

Ai, esses sulistas que acham que carnaval é só axé e sapucaí! Tulio te levo prum bom carnaval de rua e você vai voltar amando esta festa pagã!
Só no: olha a cabeleira do zezé, será que ele é, será que ele éeee!
É o melhooooor! De verdade, sofro muito passando o carnaval aqui em Buenos, soooofro! Quero vestir a fantasia e ir atrás do bloquinho só no: oi se você fosse sincera, ô ô ô ô aurooora!

Túlio disse...

hahahaha! sei que o carnaval poe ser mais que isso.... mas a verdade é que sou um "mala onda" nato mesmo!

Lielson disse...

cara, existe axé em Buenos Aires. Fui atingido por um na calle Florida.

Blog Widget by LinkWithin