terça-feira, abril 07, 2009

A outra ditadura argentina

Julio Grondona completa 30 anos na presidência da AFA, a associação que comanda o futebol argentino.

Nesses anos foram pataquadas atrás de pataquadas e um estilo de governo que parece muito ao de Cristina Kirchner: zero conciliação, 100% confrontação.

É de se imaginar como o futebol argentino, um dos melhores do mundo, estaria sem essa múmia na direção.

Para entender melhor recomendo o especial cheio de infográficos irônicos do Diario Perfil

E também o texto do jornalista Sergio Levinsky, que também foi publicado no blog do Juca Kfouri.

4 comments:

Bruno Silva disse...

Eu conheço uma história parecida aqui no Brasil. Um certo câncer do futebol.

Será mera coincidência?

Abraços!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com

Leo Carioca disse...

Tulio, da ditadura do Grondona, não duvido.

Agora, qual é a outra?

Túlio disse...

existe aquela que acabou nos anos 80 e esse que ainda continua.

Juliana Bragança disse...

AFA é Associação do Futebol Argentino, né?! Acertei?! Pode ser também Academia da Força Aérea! Tem engravatado do congresso que não sabe nem o que é ENEM, você sabe????

Blog Widget by LinkWithin