domingo, outubro 07, 2007

Paixões 2.

Ok, menos de 1 mes e dois posts falando de paixão.
Antes de mais nada, explico que esse aqui não é exatamente sobre sentimentos entre pessoas.

Quando passo um fim de semana sem mais nada para fazer. Quando está um baita sol lá fora e tudo que eu quero é só dormir e ficar dentro da minha casa é que percebo que preciso de novas paixões.

Invejo um pouco essas pessoas que acordam cedo para fazer algo que gostam, que viajam quilômetros por um hobbie, gastam horas e horas do seu tempo em algo que, teoricamente, é ínutil mas que no fundo todos sabemos muito bem que não é.

Para que gastar milhares de dinheiros, por exemplo, para viajar até Fiji ou o raio que o parta só para surfar? Para mim é rídiculo, mas garanto que os que fazem isso devem se sentir ótimos e achariam rídiculo o fato de eu ter passado um sábado vendo 7 episódios de uma série já cancelada chamada Huff, que tem o Hank Azaria como protagonista (muito boa por sinal, recomendo).

Bom, o fato é que estou precisando de um hobbie e aceito sugestões. Já pensei em vinhos, queijo, quem sabe aeromodelismo, colecionar selos, latas de cervea do mundo todo, colecionar escaletas ou sei lá o quê, havaianas diferentes, curtir fotografia ou até mesmo culinária, moedas ou qualquer coisa bizarra que seja considerado um absurdo gastar dinheiro nisso.

Também pensei em virar fanático de verdade de uma banda. Quando o The Verve anunciou a sua volta passei dois dias pensando se era viável viajar para ver o show do retorno deles na Inglaterra. No fim era possível, mas achei uma "extravagância". Não me permiti. Era uma alegria muito cara.

9 comments:

marie disse...

Enquanto eu não encontro um hobbie bizarro pra passar o tempo, a única coisa capaz de me tirar de casa num dia vazio e preguiçoso é um bom filme no cinema. Às vezes dá até pra pegar um sol no caminho ;)

Túlio disse...

ai que saudade das meias entradas com carteirinhas de estudante...

claudemir disse...

Ter Hobbies é fundamental na vida, mas devem estar de acordo com a idade, e a idade de ser fanático de uma banda ou qualquer outra coisa já passou para nós, hehe.

Juliano disse...

Cara, vou te dar a letra. De inicio é foda, chato, complicado, você não tem vontade, a preguiça fala mais alto, não tem vontade de fazer, acha que aquilo não é pra você, que você não serve pra isto, acha que vai morrer, enfim, não é algo pra você e não é legal! Mas depois de adaptado (geralmente uns 3 meses!), sente que pode, que consegue, que vale a pena, e o melhor, que faz bem pra saúde... Vá correr!
Corrida é animal! Além de ser algo saudável, é um excelente hobby! (você começa a se interessar por tênis, nutrição, fisiologia, roupas, provas de rua, etc, etc, etc)!
Vá por mim, começo é chato, mas depois é animal!!!!
Mas claro, antes de começar, procure um médico pra saber se está tudo bem com teu coração!
Suerte!

Juliano

rebeca disse...

Sim! Correr vicia!

marcelo urânia disse...

HAHAHAHAHAHAHA mentira! correr cansa. e não há quem me convença do contrário. túlio, não caia nessa.

e como diria o calvin, ter 'hobbes' é fundamental. haha tá, foi mal aê. haha

K. disse...

Blábláblá, que mané hobbie o quê?

Leo Vinhas disse...

Eu certamente bebo vinhos mais baratos que os seus (Norton de 20 pesos é o limite do meu bolso semi-assalariado), mas vinhos certamente são um puta hobby.
Mas eu diria, seu Tulio, que desencanar-se é algo que ajuda muito. Não que você tenha que ir pra balada na sexta e achar que a vida é do caralho por isso, mas... sacumé, tem horas que simplesmente desfrutar do que acontece é bom. Muito bom.
E sim, eu viajo horas só pra poder caminhar numa montanha, beijar uma garota ou ver um panorama desconcertante. Faz bem pacas.

Thiago Cesar disse...

eu adoro essa liberdade de nao ter nada o que fazer... tem coisa mais gostosa do que ter um dia inteirinho só pra voce, sem compromisso? durmo mesmo, baixo musica, fumo, penso... danço sozinho, assisto tv.. qdo vi já eh 2 da manha do outro dia.

Blog Widget by LinkWithin