sexta-feira, novembro 13, 2009

Bate-boca em horário nobre


Primeiro foi o Tinelli, misto de Faustão com Gugu mas com programa diário, que reclamou da violência em seu programa.

Depois veio Luis D'Elia, piquetero do pior tipo, que veio xingando e dizendo que Tinelli não podia reclamar porque vive em seu condomínio fechado com sua Mercedes Benz e nunca fez nada pro povo argentino.

Ontem Tinellão voltou a atacar no seu programa que tem uma das maiores audiências do país, chamando o piquetero de "Patético".

¿Quién carajo soy? Soy un ciudadano que pide seguridad, Luisito. Patético lo tuyo, entiendo que yo hable de paz y a vos te cueste entenderlo, porque vos hiciste de la violencia un culto, tomaste comisarías, insultaste y hasta golpeaste al que piensa distinto..."

O piquetero hoje de manhã já afirmou que o programa do Tinelli é um prostíbulo.

Qual será o próximo round? Mais no Jornal Crítica.

6 comments:

Lívia disse...

Olha, nunca imaginei que chegaria esse dia, mas concordo com D'Elia!

Tinelli, Susana, Mirta.. por favor! Como dizem os comentários no Crítica de hoje, enquanto o país de afundava na década de 1990 -a política econômica daquele período é a principal responsável pelo caos de hoje no país- gente perdendo emprego etc, os 3 se enriqueciam. Como fizeram Mirta e Susana apoiando a ditadura e defendendo a "campaña contra la campaña antiargentina"; como hoje faz Tinelli, ganhando seu $ fazendo ridículo dos outros, transformando a TV Argentina num puteiro de horário nobre.

Os 4 personagens envergonham o país, e o que um fala do outro, essas acusações, acabam sendo sempre verdade.

Acho que vou acampar na 9 de Julio (porque é o novo local cult, Plaza de Mayo é over) pra pedir:

PELO FIM DO SHOWMATCH!!

E aproveitando... um cartaz com a foto do Mario Pergolini dizendo "Eu já sabia!"

:)

Lulu disse...

É por essas e outras, que eu nem ligo a TV... e comprei uns fones de ouvido potentes para abstrair (ou ficar surda) :p

Túlio disse...

Pois é, Lívia, mas pra mim isso não tem nada a ver "cú com as calça", como dizem os poetas.

O tema do momento é a violência e o D'Elia levou isso para outro lado, desvirtuando o assunto. Só pq o cara e rico e tem carro importado ele não pode reclamar da situação atual?

Lívia disse...

Mas a questão não é ele poder ou não reclamar. É que ele é um dos que se beneficia com essa situação. Dos que faz assistencialismo no seu programa, enriquece de maneira ilícita, que estimula a ignorância (que é seu público)... ou seja, da mesma maneira que criticam o casal K pelo seu enriquecimento no momento de crise, também criticam pessoas como o Tinelli.

Ele reclama da violência que vive, mas é dos que defende, apóia e se beneficia da política neoliberal de redução de impostos e menos investimentos em educação e saúde pública, por exemplo.

O próprio Showmatch hoje, com programas como o Gran Cuñado, continua se beneficiando, sem gerar qualquer tipo de discussão útil pro país.

Isso me lembra o caso do relógio do Luciano Huck. A pobreza e aviolência só incomoda se roubam seu carro importado? E antes, o povo tava na merda do mesmo jeito, mas se o country dele era seguro, então ele apoiava o governo da vez?

Acho muito hipócrita. E pior: muito marketing. Porque ele virou queridinho de muita gente porque também reclamou. Mas não abriu a boca no curralito etc.

O D'Elia é um idiota, todos sabemos. O problema não é ele ter carro importado e $ e reclamar. Meu querido Pergolini também tá com o bolso cheio e não o critico por isso, só pra dar um exemplo.

O problema é a demagogia do discurso dele. Isso que irrita. Mas o D'Elia não tem capacidade pra perceber isso, e nem quer, aí sai falando qualquer merda.

Bjs!

Djones disse...

É o roto falando do rasgado...

Javier disse...

Tinellão!!! kkk tu eh o cara vei!! muito bom teu blog!!!

Blog Widget by LinkWithin