quarta-feira, junho 20, 2007

sobre mulheres argentinas - nº 008*

Moçoilas, por favor me expliquem isso. Algo que muitas vezes já sucedeu em meu período de solteiro e que, quando acontece, me dá uma raiva considerável.

Por que afinal mulheres insistem em querer ser amigas mesmo depois de, digamos, manifestadas as intenções por alguma parte?

Garota A conhece rapaz T. Acontece uma aproximação e "T" deixa bem claro a que veio e mostra que o problema é mais embaixo. "A" desconversa e rechaza "T" com classe e estilo.

"T" obviamente se afasta e não dá mais confiança para a garota. "A" porém sempre insiste em puxar assuntos e perguntar da vida de "T", que responde educadamente. O papo flui, vai e vem e "T" conclui que talvez ela tenha reconsidaderado e seja momento de convidar a senhorita em questão para algo outra vez. Novo rechazo. "T" é um idiota e sempre que "A" lhe aborda com um pouco mais de atenção, ele faz um convite... que é sempre negado. Os dois se encontram em outras ocasiões, mas sempre com a presença de outras pessoas. Nunca à 2.

"T" desiste, joga os bets e se afasta de vez. Adiós. Chega. Não a convida mais para nada, não manda mensagenzinhas de celular, nadica de nada. Porém "A" continua com sua simpatia dúbia que é um saco.

Fica a dúvida. Por que afinal "A" insiste em uma amizade que nunca foi o objetivo principal de "T"? Por que ela segue conversando, por email ou por telefone, sendo que nunca se encontram a 2?

Mulheres bonitas do meu Brasil (e Argentina), vamos deixar a coisa bem clara. Não, não é que somos porcos insensíveis que não estamos interessados em amizade. Nada disso.

O problema é que nenhum homem em sã consciência deseja ser amigo de uma garota que ele simplesmente venera, ou venerou um dia. Ser amigo dessa moça e conviver de certo modo com ela é a prova do seu mais nítido e rotundo FRACASSO.

Sejamos práticos, por favor!

* já perdi o número certo dos posts da série "sobre mulheres argentinas".

13 comments:

Adélia Jeveaux disse...

tulio, get over it!

Túlio disse...

a fila anda, mas eu queria apenas e tão somente entender.

patrícia. disse...

Ok! Vou tentar explicar:
sustento uma tese que diz que assim como os homens querem provar sua masculinidade o tempo todo, as mulheres precisam provar que são bonitas nesta mesma proporção. Ou seja, ela precisa manter você ali, perto dela, apenas para fazê-la saber que alguém a deseja... é algo cruel, mas bem possível de ser verdade, não?!

Beijos!

Vinícius da Cunha disse...

Vampiras da punheta, a pior raça!

Mariana disse...

T de Túlio?
hehehe, deixa só eu explicar uma coisa que eu simplesmente ODEIO, nunca, mas NUNCA na sua vida generalize a classe feminina, existem mulheres e MULHERES. Algumas gostam de fazer docinho, ficar iludindo alguém, só pra se sentirem superiores, ou desejadas como disse a Patrícia. Eu particularmente repugno esse tipo de atitude. Mas o que não pode é ficar achando que todas as mulheres são assim porque uma menina fez isso com você.
Como dizia Morrissey "some girls are bigger than others" ohhhh hehehe :)
ajudei?

marie. disse...

concordo com a mariana quando ela diz que tem esse tipo de mulher mesmo, e não pode generalizar. mas uma coisa é fato: o número de mulheres desse tipo aumenta porque normalmente é esse tipinho que faz fazer o cara ficar que nem o "T" atrás dela.

ps: retiro o "que saudades".

Anônimo disse...

Velhão, é assim. Mude tua abordagem... Chega na mina e fala: "E ai, vamo?" Se a mina der ok, seja feliz, senão, TCHAR e vamo que vamo!
Puta papo ogro né! hehehe (é que vi Shrek III ontem!), mas o lance é depois das abordagens mal sucedidas, ficar ali por perto, amiguinho, mas mudar a postura para algo, digamos assim, mais canastrão. Sem generalizar, mas as mulheres gostam de um canastrão!
Isso ae! Sucesso!

Cris disse...

sendo bem racional: te digo que ela sempre foi do mesmo jeito e nunca mudou de comportamento. era vc que via as atititudes com outros olhos. portanto: culpa sua.
sendo bem apaixonadinho: amor que é amor tem que doer. sempre.
=P

Túlio disse...

mas quem disse que o garoto "T" sou eu???

Eloyza disse...

Por experiência própria, na minha adolescencia e inicio da fase adulta(ainda tenho minha dúvidas se sai dessa fase) eu sentia necessidade de me sentir desejada.
Assim nunca "afroxava" algumas cordas.
É um desejo sádico de sentir alguém que nos quer por perto mesmo não o desejando.
Horrível!
Mas acredito que toda mulher goste de se sentir desejada, apreciada.
Nós somos péssimas mesmo.
Por isso prefiro os homens :-p

marcelo urânia disse...

vampira de punheta!
HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA

meu amigo T, a moça A lê seu blog? haha de qualquer forma, o Cris mandou bem.

SouzaBernal disse...

mirar lo viejo con nuevos ojos é um processo campeao.
Tulhote amo suas amigas e amigos que massa tudo que todos escreveram!
aeeeeeeeeeee que o "t"arrume uma señorita menos preguiça!!!
ahhh te felicito pelos novos olhos.Espero bons romances por aqui,para mais bonitos relatos.
Beijo na bunda até segunda!

Leo Vinhas disse...

Túlio, um fato simples:

se você chegar para uma garota e disser: olha, não estou aqui para seriedades, somos adultos, sexualizados e, pior que isso, genitalizados, mas a vida é assim, ambos estamos na noite e podemos dar uma foda maravilhosa e ninguém se telefonar no dia seguinte, o que me diz?
Nesse caso, pode dar sim (já deu umas vezes) ou não (um outro tanto), mas ninguém pode te acusar de mentiroso.Quer dizer, mesmo assim, VÂO ACUSAR (já o fizeram comigo), mas pelo menos você terá vários argumentos a seu favor.

Agora, experimente dizer: "gosto de você", "valorizo sua companhia", ou "você me gfazbem", e verá como é fácil fazer uma mulher desaparecer. Elas somem. Mesmo.

Blog Widget by LinkWithin